CNH Com Chip: Como Funciona? Mudanças da Nova CNH

A CNH com chip é uma proposta do Contran para consolidação nos próximos anos. A ideia é reunir no documento CNH com chip informações importantes sobre o condutor e até permitir ações de compra vinculadas aos meios de transporte. Tornando o acesso mais tecnológico e prático.

CNH Com Chip

Como funciona a CNH com chip

A ideia do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) é transformar a CNH com chip em um cartão inteligente. Magnetizada e com os dados impressos a lazer, o documento ficará ainda mais seguro.

No futuro, o motorista poderá usar o documento para pagar pedágios, passagens de ônibus e demais transporte públicos. Além de servir como acesso para prédios públicos e locais que necessitam de sistema parecido com biometria.

Para isso, haveria a firmação de convênio com companhias de cartão de crédito, empresas que armazenam dados e uma infraestrutura tecnológica para atender as demandas.

✓ Veja as novas regras para tirar CNH

Nos documentos mais atuais já foi implantado o QR Code, um código que permite o acesso de diversas informações sobre o motorista apenas centralizando um aparelho compatível com a imagem. A carteira com chip também vai permitir essas consultas.


Lançamento da CNH com chip

Inicialmente a previsão era de que os órgãos estaduais fizessem todas adaptações para o lançamento da CNH com chip a partir do dia 1° de janeiro de 2019.

No entanto, em novembro de 2018 o Contran prorrogou essa prazo e agora definiu que vai iniciar a validade do sistema a partir de 31 de dezembro de 2022.

Por isso, o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) de todos os estados e do Distrito Federal deve iniciar a produção de documentos com o chip. Desenvolvendo tecnologias para atender a todos os pedidos.

✓ Confira a Atualização na pontuação da CNH

Inicialmente o cartão será opcional, quem não quiser fazer a troca pode transitar normalmente com a sua habilitação em papel. Quando precisar renovar a carteira, após 5 anos, vai receber automaticamente a CNH mais moderna.


Mudanças na CNH

Embora o prazo para adaptação de um novo sistema tenha sido prorrogado para quatro anos, os órgãos e entidades relacionados ao trânsito receberam outras ordens. Para 2019 foram estabelecidas mudanças na CNH.

Na verdade, as alterações são para a emissão do documento que agora conta com outras exigências. Com menos horas de aulas para categoria A e B, de carro e moto, respectivamente.

✓ Saiba quais são os documentos para renovar a CNH

Nas aulas noturnas de carro a redução foi de 5 horas para apenas 1 hora, para a moto a diminuição foi menor, de 5 horas para 4 horas. Outra modificação foi o uso facultativo do simulador de direção, sendo opcional e com até 5 horas de aula.

Quem optar pela Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC), para ciclomotores de até 50 cilindradas, vai precisar apenas de 5 horas de aula. Facilitando o acesso ao documento.


CNH digital

Uma realidade do convívio brasileiro a CNH digital, está disponível em boa parte dos estados e sua ideia é trazer mais facilidade no acesso à habilitação. Algo que também é buscado na CNH com chip.

✓ Veja como tirar a CNH de graça em:

Os interessados devem baixar o aplicativo disponível para sistema IOS e Android. Inserir as informações como número da CNH e documento pessoal do condutor, e escanear o QR Code que fica na parte interna da habilitação. Automaticamente o sistema baixa as informações iguais as traduzidas no papel.

A proposta é que essa ferramenta possa servir nos momentos de aperto, por exemplo, caso o condutor tenha perdido seus documentos e aguarda a segunda via. Pode mostrar a habilitação eletrônica durante uma blitz policial.

Além de ser mais barata, pois evita a impressão. E economizar com o meio ambiente, pois não faz o acúmulo de papel. Embora tenha o mesmo valor jurídico da carteira comum, ainda não é possível substituir a CNH física pela habilitação digital.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 5

CNH Com Chip: Como Funciona? Mudanças da Nova CNH
ATENÇÃO: O programa CNH SOCIAL do SEST/SENAT encontra-se desativado no momento. 
Compartilhe